07 outubro 2012

A Estrada da Noite - Joe Hill


Jude Coyne, uma lenda do rock que coleciona objetos macabros, descobre que um estranho leilão na internet. Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. Sempre às voltas com seus próprios fantasmas - o pai violento, as mulheres que usou e descartou, os colegas de banda que traiu -, Jude não tem medo de encarar mais um. Mas tudo muda quando o paletó finalmente é entregue na sua casa, numa caixa preta em forma de coração.
 Jude Coyne é um astro do Rock Americano que mora em uma mansão com seus cachorros, sua namorada Georgia e gosta de colecionar objetos macabros. Ao ver um paletó que pertencia a um morto e, segundo a dona, vinha junto com um fantasma, ele comprou sem nem pensar duas vezes.

 Recebeu o paletó em uma caixa preta e em forma de coração, logo descobriu que a história sobre o fantasma era real e que o tal fantasma era o pai de sua ex que segundo sua família havia se matado depois de ser mandada embora por ele e o agora o morto estava buscando vingança. Então coisas terríveis começam a acontecer com Judas e todos que estão próximo a ele, inclusive Georgia que foi a primeira a ser afetada pelo fantasma.

 Para salvar sua própria vida e da sua namorada, o casal sai em uma viagem pela "Estrada da Noite" para descobrir como fazer o fantasma ir embora e eles acabam descobrindo que essa história envolve mais coisas do que Jude sabia, segredos que vem sendo guardados por anos, e que fantasmas realmente existem e podem ser assustadores.

Era uma garota incrivelmente meiga. Ela e suas perguntas. Um dia me perguntou se eu tinha um lugar preferido para ver a chuva quando era criança. Como se pode fazer uma pergunta assim tão incrível? Ela me fez fechar os olhos e descrever como era a paisagem do lado de fora da janela do meu quarto quando estava chovendo…
 Joe Hill é filho do "Mestre do Terror", Stephen King, e esse foi o primeiro livro dele que eu li. Apesar de nunca ter lido nada do King eu ouço falar muito bem de suas obras, inclusive algumas viraram filmes, então comecei a ler A Estrada da noite com um muitas expectativas e acabou não sendo tudo o que eu esperava.

 Não digo que o livro é ruim, muito pelo contrário, ele é ótimo mas como um livro que aborda o tema "terror" eu esperava que ele passasse um pouco mais de medo e que o personagem que é responsável pelo terror aparecesse mais vezes assim teríamos um pouco mais de ação e um pouco menos de encheção de linguiça.

 Os personagens e as situações do livro são muito bem desenvolvidos, ao menos a maioria, a história é interessante e te deixa fissurado porém em algumas poucas partes chega a dar sono de tão chato que é. e eu sou do tipo que prefere que tenha 80% de ação e os outros 20% de conversas e coisas assim então isso acabou me chateando um pouco.

A Capa do livro é muito legal, tem ligação com a história e tudo mais, e a minha veio sem orelha o que me irritou muito pois o submarino não avisou que era versão econômica, a diagramação é simples apenas com corações nos títulos dos capítulos, o coração por causa da caixa em que o Jude recebeu o paletó.
Os fantasmas sempre nos alcançam, é impossível trancá-los do lado de fora. Eles simplesmente atravessam a porta, mesmo que esteja fechada.
Escrito por Joe Hill
  Contém 320 páginas.

7 comentários:

  1. Hm... A história parece legal, mas terror, definitivamente, não é meu gênero favorito #medo.
    Curti a história, pena que não abordou o etrror como deveria né?

    E esse submarino sem suas orelhas, isso me irrita :8

    Beijos.
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É legal sim, não gosta de terror Babs? D: Eu amo!
      É uma pena mesmo e fiquei chateado com o submarino que não mandou minhas orelhas.;;(

      Excluir
  2. O meu tb é sem orelhas... Submarino.. Afunde e morra!

    Eu gostei dessa história... Acho que a quantidade de terror e suspense foram muito adequadas devido a mensagem que a história passa, que não vou falar aqui pq senão farei uma mini resenha no comentário e isso não tem nada a ver kkkkk. O pouco de terror e suspense foram suficientes pra mim.
    A historia é bacana, a descrição do fantasmão me deu arrepios e meus personagens preferidos foram os cachorros, já falei isso antes, né? ahahahaha

    Parabens pela resenha!

    Bjokas
    Flavia - LC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKK psé, que afunde.
      Ah, achei muito pouco o terror.
      Também gostei dos cachorros haha mas minha personagem favorita foi a Ana! *-*
      Obrigado, bjs;

      Excluir
  3. Acabei de conhecer seu blog e achei ele bem legal. Já estou seguindo =) Agora te convido a conhecer o meu, seguir e claro deixar sua opinião.

    Que pena que esse livro não é tão bom qnt parece!!!
    Mas valeu pela ótima resenha!!!

    http://leiturasvidaepaixoes.blogspot.com/
    Bjos e sucesso!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, seja bem vinda! :D
      Obrigado! ;D

      Excluir
  4. eu comprei esse livro tem algumas semanas mas ainda nao li, porque ta com um amigo, mas assim que ele ler eu vou ler esse classico da literatura de horror

    ResponderExcluir

© Terceira Página - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Luciano Andrade.
Tecnologia do Blogger.